13/04/2021 às 12h40min - Atualizada em 13/04/2021 às 15h45min

Geração de eletricidade limpa através do uso da energia solar indica futuro promissor para indústria e consumidores

De acordo com os dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), o Brasil ultrapassou o número de 8 gigawatts (GW) de potência operacional da fonte solar fotovoltaica com o crescimento do setor

DINO
https://vanessagiacomo.com.br/


Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o uso de energia solar como fonte de energia elétrica para empresas e residências ocupa a sétima posição em opções de fontes de energia no Brasil atualmente, representando 1,7% da matriz energética brasileira. Apesar do baixo valor percentual é correto afirmar que o futuro da utilização de energia solar como fonte de energia elétrica é promissor. Ronaldo Koloszuk, presidente do Conselho de Administração da Absolar, afirmou que no período em que a taxa de crescimento do PIB no Brasil ficou inferior a -3,5% entre os anos de 2015 e 2016, a indústria de energia solar cresceu 100% ao ano no mesmo período.

A capacidade de economia de energia elétrica pode chegar até 95%, segundo dados do Portal Solar, uma das empresas de vendas de equipamentos e geradores fotovoltaicos. Com a indústria crescendo, novas unidades de produção de equipamentos e usinas sendo desenvolvidas, a expansão do negócio de energia solar pode alcançar números ainda maiores nos próximos anos.

Um dos principais exemplos de uso de energia renovável e limpa nos últimos anos foi a ação da atriz de novelas Vanessa Giacomo que fez a instalação dos equipamentos para conversão da energia solar em energia elétrica em sua própria casa. Durante o ensaio fotográfico da campanha com a Portal Solar, Vanessa Giacomo falou mais sobre o assunto. “Fiquei muito feliz em ter sido escolhida para essa campanha, eles terem me creditado essa importância para falar de um assunto tão sério. Acredito demais que o futuro é esse. Vejo isso nos meus filhos, que já desligam a água no banho, cuidam da energia, da água, dos bens do planeta. Aprendo demais com a visão simples e sem preconceito deles”, disse a atriz Vanessa Giacomo. Segundo o site Portal Solar, Vanessa se tornou embaixadora do projeto por sua conduta profissional, credibilidade, descrição no lado pessoal e pela paixão que demonstra incansavelmente na preservação do meio ambiente.

Decidida a ser exemplo do uso responsável de energia e preservação do meio ambiente, Vanessa Giacomo, também atriz de filmes, séries, teatro, roteirista e que atualmente está na série Filhas de Eva (2021) da Rede Globo, aproveita dos benefícios informados pela empresa em sua página oficial na internet, sobre esse modelo de geração de energia elétrica que economiza muito. O portal destaca também a vantagem do baixo custo de manutenção de equipamentos com durabilidade de pelo menos 25 anos. Vanessa acredita ter dado um passo muito importante para futuras gerações no que trata de energia renovável.

A energia solar é extraída de uma fonte limpa e o uso desse modelo de energia por personalidades influentes como a atriz Vanessa Giacomo, alcança grande número de seguidores como, por exemplo, sua página do Facebook e seu perfil do Instagram. Essa capacidade de influenciar pode fazer com que milhões de pessoas pratiquem pequenas atitudes diárias dentro de casa para economizar os recursos naturais utilizados. Esse exemplo alerta sobre a responsabilidade pelo uso dos recursos naturais disponíveis.

Com a expansão dos negócios em energia solar no Brasil, um número maior de pessoas pode ter interesse em gerar sua própria energia elétrica renovável e limpa. É o que defende a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), que conta com a presença de deputados federais e esperada participação do Ministro Bento Albuquerque (Minas e Energia), Tereza Cristina (Agricultura) e Ricardo Salles (Meio Ambiente) com agenda para definir marco regulatório no sentido de incentivar a micro e minigeração de energia solar.

Link
Notícias Relacionadas »